Saga HC vence o Festival Pré-AMP 2016

Saga HC vence o Festival Pré-AMP 2016

A 13ª edição do Festival Pré-AMP chegou ao fim neste domingo dia 24 e teve o grupo Saga HC como a vencedora do evento.  A final no palco montado no Paço Alfandega, área central do Recife e ainda contou com o show da Banda Marsa, vencedora do Pré-AMP 2015.Foram finalistas do festival as bandas: Graúna, Shaba Rude, Saga HC, Projeto Carranca e Cara de Doido.

3b48765efca6515bfbdb43317a46a8f2

O Grupo Saga HC existe a quinze anos e é formada por Beto (Vocal), André (Guitarra), Kleber (Guitarra), Marcelo (Baixo), Paulinho (Bateria). Possui influência que varia do Punk Rock ao HC, misturando um som pesado e rápido. A banda é original de Prazeres, Jaboatão dos Guararapes, e sempre obteve destaque na cena underground da região. “Ganhar esse prêmio foi uma sensação de outro mundo é uma grande satisfação para todos nós”, disse emocionado o vocalista Beto enquanto subia ao palco para receber a placa de primeiro colocado.

Como premiação o grupo vencedor recebeu a premiação de R$ 10.000 (dez mil reais) em equipamentos musicais a serem retirados na loja GIG, além da participação em dois shows: no Carnaval do Recife 2016 e no Palco Pop do Festival de Inverno de Garanhuns 2016; já o 2º e o 3º lugares terá a participação no Carnaval do Recife.

No palco, além das bandas premiadas a equipe do Pré-AMP homenageou o produtor cultural, empresário e músico, Jackson Rocha. O baixista é integrante do Cascabulho e tem tido nos últimos 10 anos uma participação efetiva na carreira de diversas bandas, além de ser um dos mais promissores produtores executivos de Pernambuco. No Pré-AMP Jackson vem acompanhando o festival desde as últimas edições. “Esse prêmio não é só meu ele é de toda a equipe”, agradeceu Jackson.

Segundo Magrão, fundador do Pré-AMP e produtor – executivo do Festival, o Pré-AMP é um festival que revela mais bandas dentro da cena musical pernambucana. “É um festival que já tem sua marca e estamos trabalhando para que ele se firme ainda mais e que tenha um reconhecimento ainda maior. Como todas as dificuldades deste ano o mais importante é que realizamos um Festival no em nível que foi realizando”, contou Magrão.

 

2 Comments

Comments are closed.