A despedida de Mestre Afonso

Aos 70 anos e após mais de duas décadas à frente do Maracatu Leão Coroado (Patrimônio Vivo de Pernambuco), Mestre Afonso nos deixou. Um infarto na noite do domingo (15/4) – enquanto exercia em Olinda a expressão religiosa que dá força e sentido à tradição cultural pela qual tanto lutou -, silenciou para sempre o seu batuque, deixando a cultura pernambucana em estado de luto imenso.

O sepultamento do Mestre Afonso aconteceu ontem no cemitério de Águas Compridas ao som de toadas e alfaias e com muita emoção como você pode ver nesse vídeo publicado por Isabelle Câmara (Diretora de Comunicação do TRF5) em seu Facebook.

Afonso Gomes de Aguiar Filho era recifense e herdou de Luis de França o comando do legítimo maracatu de nação africana, símbolo da resistência negra em Pernambuco. Além de liderar o grupo vencedor de tantos Carnavais, Afonso sempre se mostrou um mestre generoso, dedicando seu tempo a atividades educativas como aulas de percussão e toque de candomblé, oficinas de feitura e manutenção dos instrumentos musicais, além de confecção do vestuário do maracatu.

A cantora, educadora, bailarina e apresentadora Ana Paula Guedes também prestou homenagens ao Mestre Afonso.

Recentemente o Leão Coroado passou por um processo de Salvaguarda, como você pode conferir aqui mesmo no Tem Carnaval, onde foi produzido um livro, um DVD (filme documentário) e um CD com as toadas tradicionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *