Orobó festeja 100 anos de fé e tradição! De 29/11 a 09/12. Confira a programação dos festejos religiosos!

O município de Orobó, localizado no Agreste Setentrional de Pernambuco, distante 117 km da Capital, divisa com o estado da Paraíba, cerca de 80 km de Campina Grande, vivencia a Festa da Padroeira, Nossa Senhora da Conceição e o Centenário da paróquia, iniciando a sua programação nesta quinta-feira, dia 29/11/2018 às 18h30min e seguirá até o Domingo, dia 09/12/18 19h – com Celebração Eucarística e Entronização da imagem da Santa em seu Altar, em seguida Show com o Ministério Adoração e Vida, no palco instalado em frente à Igreja Matriz, na Praça Cel. Abílio de Souza, no centro da cidade. Os festejos são todos religiosos.

O prefeito do município, Cléber José (Chaparral), fala sobre a programação deste ano: “Orobó é uma cidade muito querida por quem nela reside e os visitantes são muito bem recepcionados. Tendo em vista que existe uma forte tradição religiosa, preparamos uma grande atração para este centenário, valorizando a fé desse povo. Teremos show com Ministério de Música Cristão. Nós temos o prazer em contar com a participação de todos”, afirmou Chaparral.

# CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DA FESTA DA PADROEIRA DE OROBÓ:

 

Quinta-feira, dia 29/11/18:

05h– Alvorada festiva com repique dos sinos e ofício cantado.

18h30 – Procissão da Bandeira, saindo da residência da senhora Ana Maria Rodrigues de Aguiar, Avenida Agamenon Magalhães.

19h– Celebração Eucarística, ministrada por Dom Limacêdo Antônio, Bispo-auxiliar de Olinda e Recife.

Sexta-feira dia 30/11/18:

05h– Alvorada festiva com repique dos sinos e ofício cantado.

19h – Celebração Eucarística, ministrada por Dom Jorge Tobias de Freitas – Bispo Emérito de Nazaré.

Sábado dia 01/12/18

05h– Alvorada festiva com repique dos sinos e ofício cantado.

19h – Celebração Eucarística, ministrada por Dom Severino Batista de França – Bispo Emérito de Nazaré.

Domingo, dia 02/12/18:

05h– Alvorada festiva com repique dos sinos e ofício cantado.

19h – Celebração Eucarística.

Segunda, dia 03/12/18:

05h– Alvorada festiva com repique dos sinos e ofício cantado.

19h – Celebração Eucarística.

Terça-feira, dia 04/12/18:

05h– Alvorada festiva com repique dos sinos e ofício cantado.

19h – Celebração Eucarística.

Quarta-feira, dia 05/12/18:

05h– Alvorada festiva com repique dos sinos e ofício cantado.

19h – Celebração Eucarística.

Quinta-feira, dia 06/12/18:

05h– Alvorada festiva com repique dos sinos e ofício cantado.

19h – Celebração Eucarística.

Sexta-feira, dia 07/12/18:

05h– Alvorada festiva com repique dos sinos e ofício cantado.

19h – Celebração Eucarística.

Sábado, 08/12/18: DIA DA FESTA.

04h30– Alvorada festiva com repique dos sinos e ofício cantado.

05h – Celebração Eucarística.

10h– Solene Concelebração Eucarística da Imaculada Conceição, ministrada pelo ilustre filho da terra, Dom Manoel dos Reis de Farias – Bispo Emérito de Petrolina.

12h–Descida da Imagem de Nossa Senhora da Conceição.

15h30min–Celebração Eucarística em seguida procissão com a imagem de Nossa Senhora da Conceição percorrendo as principais Ruas de Orobó, encerrando com a Bênção com o Santíssimo Sacramento.

Domingo, dia 09/12/18: SUBIDA DA IMAGEM.

19h – Celebração Eucarística.

Entronização da imagem de Nossa Senhora da Conceição em seu Altar.

Show Religioso com o Ministério Adoração e Vida.

 

HISTÓRIA DO MUNICÍPIO E DA SUA PADROEIRA

 

Orobó tem população de aproximadamente 23.800 habitantes. Devotos de cerca de 20 munícipios participam da festa que acontece no período do final de ano. A cidade recebe um contingente de visitantes vindos de várias regiões do país, especialmente de Pernambuco e Paraíba.

Orobó é rico na área de artesanato, é conhecido nacionalmente como “A terra do frivolité”, que é um encanto na ponta dos dedos, tipo de renda tecida manualmente e com auxílio de naveta, instrumento talhado em madeira. Arte criada pelos franceses, no século XIX. Atualmente mulheres do município trabalham na confecção de produtos com incentivo da prefeitura através da Secretaria de Assistência Social.

Todos os anos a prefeitura de Orobó faz a sua parte para que festa da Padroeira aconteça. Na atual gestão do prefeito Cléber José (Chaparral), os comerciantes e comerciários têm apoio e incentivo. Nesse ano do centenário da Igreja Matriz a expectativa é receber muitos visitantes.

A criação da 1°Capela foi uma iniciativa da família Távora Sobrinho, antes mesmo de Orobó ser cidade. Na época o lugar era denominado Queimadas, pertencente a Bom Jardim.  A festa teve inicio no ano de 1916, com dois anos depois, foi fundada a Paróquia.  A fé e a devoção do povo foram crescendo a ponto da Santa tornasse a padroeira do município.  A imagem de Nossa Senhora da Conceição, é de origem Portuguesa, trabalhada em madeira e mede 1,20cm. O primeiro pároco foi o padre Plínio Teixeira e o primeiro Bispo da Diocese de Nazaré, Dom Ricardo Vilela. Desde a sua criação até os dias atuais 25 padres passaram por aqui. Atualmente os trabalhos paroquias são coordenados pelo sacerdote Vanduy Bione e os Diocesanos pelo Dom Francisco Lucena.

Em Orobó a tradição religiosa é muito forte, tendo ­­­­­­­­­­15 padres e ­­­­­­­­­­quatro Bispos, filhos da terra. Sete jovens foram ordenados Diáconos, neste sábado dia 24 /11/18. Existem várias Capelas antigas nas comunidades Rurais, a exemplo: São João Batista em Jussaral; São João, Lago de Japaranduba; São Severino, Matinadas; São José de Sirigy; São João, antigo Engenho Serra Verde; São José, Antigo Engenho Tanques; Santo Antônio, antigo Engenho Figueiras e São Sebastião em Belmonte.

Fotos/ Imagens: Página do Facebook da Paróquia e do Padre Vanduy Bione

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *